28 de out de 2009

Ponto de Vista

Mais um post sobre a temporada de outubro.
Neste caso no Teatro de Dança em SP.
Por Sidney Silva

Divino Movimento
O Grupo Divinadança teve inicio em 2007 e desde então vem percorrendo caminhos por festivais e teatros como: Curadores Associados ( Teatro de Dança ) em 2007, Conexão Internacional da Dança ( Teatro Sergio Cardoso – Plataforma Brasil/Holanda ) em 2008, Dança e Movimento ( Ilhabela ), Festival de Dança de Londrina ( 2009 ) entre outros.

Para o Bem Casado do Teatro de Dança, que sempre traz dois grupos diferentes na mesma noite eles colocaram em cena a remontagem Sostenuto de Luis Arrieta, que foi criada para o Balé do Teatro Castro Alves em 2004. Nessa coreografia três bailarinos em cena jogam com o sustentar dos movimentos e dos corpos fazendo quase que uma poesia.



Mas o destaque da noite foi para a coreografia Tempo Escasso de Gleidson Vigne, que se inspirou na obra de Bertold Brecht. Ao som de Disered Constelation de Björk, os bailarinos se movem como se não tivessem ossos, todos os movimento são articulados e fluidos.

O grupo se completa, mesmo sendo diferentes não existe nenhum bailarino que se destaca mostrando superioridade de movimento. Existe um equilíbrio e como se a movimentação os unificassem.

Em um momento um pouco mais descontraído do espetáculo o bailarino Maércio Maia e manipulado por Ghiba Santana e Priscila Lima enauqnto a Natalia Yukie vai colocando roupas nele. Toda a movimentação dele é conduzida como se fosse um boneco, esse momento tira aplausos da plateia.

Esse é um espetáculo que para quem quer apenas ver algo bonito, estético, com base, que informa, ou seja, completo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você também pode comentar.